domingo, 13 de dezembro de 2015

Lendas Urbanas: A mulher do táxi

    Esse é o segundo post de lendas urbanas nesse blog e eu resolvi trazer uma bem conhecida daqui de Belém: a mulher do táxi. Como toda lenda urbana,tem umas 500 versões e vai lá saber qual é a correta.


Afinal,quem é a mulher do táxi ?

   Josephina Conte,uma garota de cabelos castanhos,nascida em 1915 e morreu com suspeita de tuberculose em 1931 aos seus 16 anos. 
   





A história:

   A história que me contaram foi que toda vez que era o aniversário da Josephina,ela pegava um táxi e dava uma volta pela cidade,assim como ela fazia quando era viva em todos os seus outros aniversários. A diferença que quando ela morreu,ela mandou o taxista ir na casa dela no dia seguinte buscar o dinheiro da corrida com os seus pais e quando ele foi,ele viu o retrato dela e mostrou que era ela que tinha pegado o táxi e os pais delas falaram que não poderia ser,porque ela já estava morta.
   


A possível  versão "real" da história:

Estava pesquisando sobre isso para fazer a matéria (para não inventar mais uma versão,por mais que eu saiba da lenda eu sempre pego as informações mais reais) e achei uma notícia no G1 Pará que o seu sobrinho Jorge Conte,contava sobre os mistérios dessa história. 

Mistérios sem explicação

Segundo Jorge, cerca de 5 anos após a morte de Josephina, a família estava almoçando quando um estranho bateu na porta. “Era um senhor que disse ‘olha, eu sou um chofer de táxi, motorista, e ontem eu fui ao cemitério e apanhei uma moça que me pediu para levar ela de lá até a Basílica, e me pediu pra ficar e esperando. Ela rezou, voltou, e me pediu para deixar ela de novo no cemitério, e cobrar a corrida na fábrica de calçados com o seu Nicolau’, que é meu avô”, disse.

  De acordo com o empresário, quando o motorista descreveu a passageira a família chegou a pensar que uma das irmãs de Josephina tivesse ido ao cemitério, pela similaridade do relato. “Meu avô olhou pra minha outra tia, irmã dela, e perguntou ‘Você esteve ontem no cemitério para visitar a sua irmã?’, e ela respondeu que não, que não tinha ido no cemitério. Aí o motorista ficou olhando para dentro de casa e apontou para um quadro dizendo ‘é aquela ali’, porque nas salas daquelas casas antigas tinham as fotos né, nos quadros. Aí o meu avô olhou assim, e disse ‘mas essa já morreu’”, relata Jorge. “O cara ficou pálido, pálido, e foi aquela confusão. Ele ficou tão assustado que nem quis cobrar a corrida”.

  Além desta ocorrência – que, segundo a família, foi a única cobrança feita por motoristas na casa dos Conte – outro fato intriga os parentes de Josephina. “O vovô mandou fazer a sepultura dela lá na Itália, e mandou uma foto que era pra fazer o porcelanato, porque as fotos eram incrustadas no mármore. Quando foram olhar aqui, tinha um broche de um carro, que na foto original não existia. Então todo mundo ficou abismado, ‘é a mulher do táxi, é a mulher do táxi’”, relembra.




Obs: Eu sempre quis ir no cemitério de Santa Isabel,situado no Guama que foi o lugar que ela foi enterrada,porém sozinha não dá. Se um dia eu for,eu refaço o post!


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Espero que tenham gostado e podem deixar os comentários de vocês falando se por algum canto do Brasil já ouviu alguma história parecida.
Beijas,

26 comentários:

  1. Oi Carol !!
    Adoro ficar sabendo dessas lendas urbanas !! O pior é que realmente dá medo porque esse tipo de coisa pode acontecer !! Eu também não iria sozinha ao cemitério não hehe
    Bjim

    blogpatyrezende.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vantagem que se esse tipo de coisa acontece,nunca aconteceu comigo x.x. Acho que é muita coragem ir ao cemitério sozinha. Se eu não visse nada assustador,eu ia me assustar sozinha :x

      Excluir
  2. Amazing beautiful wallpaper u have. I have also try to do some collection like u on http://guruofmovie.com

    ResponderExcluir
  3. Confesso que tenho um certo medo dessas lendas, sou medrosa haha.

    Fofa Porém Birrenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maioria das pessoas se assustam um pouco x.x

      Excluir
  4. Acho tenebroso, ams não duvido não kkkkkk!

    Um abração!

    Isa | http://isabellalessa.com

    ResponderExcluir
  5. Caramba, me arrepiei lendo esse post hehehe.

    Medinho. Vou ler o outro agora.

    Beijo sua linda !

    | Sorteios Na Web |

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Canal no Youtube |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relaxa,isso é só o começo. Imagina quando eu partir do terror e iniciar a sessão horror ?

      Excluir
  6. Amei essa lenda urbana. Eu até acredito nessas coisas, pois acho que as pessoas não iriam inventar uma coisa dessas...
    Mas coitado do motorista do taxi, imagina o susto dele em dar carona para uma pessoa que já morreu e descobrir no dia seguinte..
    Estou amando essas postagens, gosto muito dessas coisas meio sobrenaturais... Você podia fazer um dia um post sobre Extraterrestres e Óvnis.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse o taxista,até pensava em trocar de profissão. Awn ♥,fico muito feliz por você estar gostando Lady! Eu vou anotar essa sua dica e vou ver se faço sim :3

      Excluir
  7. Eu já conhecia essa lenda urbana, confesso que toda vez que leio alguma coisa assim me arrepio toda.
    Beijos

    www.blogueiramineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol
    nossa que loucura né
    eu gosto de historias assim, e acredito que possa mesmo acontecer
    eu tb não iria no cemitério sozinha sabendo dessa lenda
    bjss
    Batom&Blush
    |http://marilisdasilvadutra.blogspot.com.br/|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A lenda nem tem muito haver com o cemitério,mas eu não iria sozinha por motivo algum!

      Excluir
  9. Caraca, sou apaixonada por lendas kkkk Se eu morasse por perto com certeza iria! Amei o post, bem detalhado.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu iria,se alguém viesse junto. Ainda tenho um bom tempo aqui no Pará,então pretendo ir algum dia.

      Excluir
  10. Não conhecia
    Muito obrigada pela visita volta sempre adorei
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia essa lenda, menina que medo rsrsrs!!

    Beijos!

    karinanopaisdasmaravilhas.com

    ResponderExcluir
  12. Adoro essas historias de lendas urbanas que vc posta..
    Eu nunca ouvi esta antes..mas sei lá...acho que eu iria na boa ver o tumulo da tal ...kkkk
    Tem quem acredite que quando o espirito não consegue perceber que já não esta mais aqui "neste plano" ele fica vagando mesmo...e não vai para um "outro plano"....kkkk
    beijos
    http://prosadepenteadeira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pretendo visitar o túmulo,mas não sozinha (pela décima vez falando isso). Por medo (não de ver ela) e sim de me assustar com qualquer outra besteira. E é verdade,quando não percebem que já morreu e tem que ir,ou não acham o caminho..fica vagando. Mas creio que se for por esse nosso pensamento ela já achou!

      Excluir

♥ Comentem
♥ Caso não tenha uma conta no google, deixei a opção de comentar anonimamente
♥ Contato: carol_cruz1997@hotmail.com