domingo, 12 de março de 2017

Para quem gostar de ler: A última história

Bloco de Notas: Qui 09/02/2017, 10h48

  Ontem conversando em um grupo de amigos, percebi o quanto eu tenho medo de sofrer por amor. Motivo? É um dos danos psicológicos mais irreversíveis que você pode sofrer. 
   Você sempre sai diferente depois de uma desilusão amorosa. Vou torcer para que sempre seja mais forte e que o tempo cure as dores. Mas, nem sempre é assim. 



   Vocês conhecem a história da princesa que se prendeu em um "cubo de gelo"? Reza a lenda que ela se prendeu em uma torre gelada após se machucar diversas vezes acreditando nas pessoas erradas. Ela não queria mais saber de amor, não conseguia acreditar que alguém se importaria e gostaria dela de verdade, sem que no fim aprontasse alguma. E nesse cubo de gelo ela se trancou por anos, como uma forma de proteção, pois o amor era a única coisa perigosa que ela não queria enfrentar. 



   No fundo, bem no fundo, ela só queria acreditar que era possível. Possível existir uma relação em que a confiança estabelecida não fosse quebrada. Possível existir uma relação em que os dois se importariam sempre. Sem aquele desgaste do cotidiano, com brigas sem motivos aparentes, aquele típico final clichê: O problema não é você, e sim eu.
  Foi abandonada pelo seu único e verdadeiro amor, no dia em que largou tudo para fugir com ele. 

  Talvez seja a minha história preferida e a que eu mais me identifico até hoje. No fim eu só quero ser surpreendida e descobrir que estou errada, que o "amor" verdadeiro existe sim. 
   Gostaria de acreditar nas possibilidade da gente dar certo, planejar o nosso futuro juntos. Você me falou uma coisa super importante "O amanhã é a continuação do hoje, por isso precisamos trabalhar no hoje, para que exista uma continuação amanhã.". Foi uma coisa que me fez refletir. Mas, você não sabe o quanto a minha vida é complicada!



   Eu pensei que acreditava no amor, até que entendi que talvez eu tenha tanto medo, mas tanto medo e tanta dor que depois da última desilusão, percebi o quanto talvez eu não o veja mais como eterno. Embora uma vez existindo, nunca mais vai deixar de existir. Ele sobrevive no passado, preso em lembranças. Por mais que você não o sinta, ele ainda existe preso naquele momento. 




  Não o vejo como algo que tenha muita durabilidade, sempre acaba e sempre acaba mal. Não há uma fórmula menos dolorosa de terminar uma relação? Sem que estrague com a história toda, com as fotos, músicas e filmes? Sem que as melhores lembranças se tornem dolorosas, mesmo que temporariamente. Sem que haja raiva ou apenas dor. Sem que o mundo acabasse em poucos minutos?



Talvez o meu medo do amor seja o preço a pagar caso o perca. 
Semana que vem continua...
                                        (ou não)


   

24 comentários:

  1. Que lindo,amei, amei, amei. <3
    "E nesse cubo de gelo ela se trancou por anos, como uma forma de proteção, pois o amor era a única coisa perigosa que ela não queria enfrentar. "

    "Talvez o meu medo do amor seja o preço a pagar caso o perca."

    Lindas frases, e elas bem me representam.

    www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que gostou <3. Foram frases que vieram do coração.

      Excluir
  2. Também já tive muito medo.
    Mas, por outro lado, como vai saber?
    Viva! Viva sim e viva sempre.
    Os desapontamentos podem acontecer, mas pode ser que não.
    Faz parte!
    Não conhecia a história que citou e acho um pouco triste.

    É bom demais amar e perceber que é amada também!
    #ficaadica

    bjO e boa semana!

    Dany
    Blog Breshopping da Dany

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece! O engraçado é que esse texto era apenas um reflexo do que aconteceu agora em março.

      Excluir
  3. Olá Carol,

    Gostei muito e não conhecia. Achei intenso..

    Um beijo e ótima semana.

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  4. Menina eu acredito que a dor que mais dói é a dor de amor, mas não podemos nos privar disso, somos feitos para amar, né?
    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Acho que desilusões amorosas são sim umas das maiores dores que se pode ter, mas faz parte da vida, né? Acontecem assim pra a gente ficar mais forte e ter mais experiência. Acredito que nada é para sempre, mas enquanto durar tem que ser ótimo. Uma hora ou outra a gente acaba conhecendo alguém que nos faz ver que vale a pena enfrentar o medo, porque nem sempre acaba mal :)

    Beijo!
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso mesmo. Todos os últimos relacionamentos que eu tive terminaram de forma dolorosa. Eu me traumatizo, fico mau por um tempo e depois aparece alguém que vale a pena e eu tento novamente. Se der certo deu, se não é paciência.

      Excluir
  6. Sabe...
    não aguento mais tb.. quem vai se prender num cubo de gelo sou eu agora...
    bjos ;(

    http://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita! Não fica assim não...existe sempre um recomeço depois do fim.

      Excluir
  7. Amei seu post amiga, eu também era assim, e já sofri e muito por amor de não ser correspondida, rejeitada, menosprezada, humilhada e iludida. Mas eu sempre tirava lição de moral em cada decepção, amadureci um pouco e hoje estou feliz comigo mesma, me amando mais e com esperança de desvendar um amor verdadeiro que dure para sempre. Claro que com os dias de hoje é mais difícil, porém, a esperança é a última que morre né? hehe
    Aguardando a segunda postagem.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou um exemplo de rejeição. Até quando penso "ih, agora vai!" não vai e a pessoa aparece do nada com a ideia de terminar. Vai entender o que elas querem para a vida delas.
      Essa minha esperança não morreu, mas porém eu também não fico pensando mais em alguém para a vida inteira. Sei lá, o meu amor agora é outro ><

      Excluir
  8. Gostamos do texto, as vezes temos medo de nos apaixonar, por causa das desilusões que acabamos sofrendo durante a vida.


    Beijos



    onlyinspirations.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Baa tarde, como vai ?
    Gostei bastante do seu texto pois voce parece super sincera naquilo que fala o que é um super talento.
    beijos
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá tudo bem?
    Obrigada pela visita.
    Gostei do texto é amor é sempre complicado ou vc sofre demais ou fica muito feliz
    mas ninguém sabe o resultado até viver.
    Beijos!!
    http://bemcandy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Que texto lindo Carol! Amei o jeito que você descreveu os sentimentos que vem junto com o amor, o amor correspondido é lindo, mas o não correspondido é cruel. Eu não conhecia a história dessa princesa do cubo de gelo. Eu mesmo já sofri por amor, e mudei muito depois disso, pra me apegar à alguém é difícil.
    Beijinhos e boa semana ♡

    Keep Calm Girls

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sofro e a única coisa que acontece é o amadurecimento. Eu continuo me apegando facilmente as pessoas, fazer o que :(

      Excluir
  12. Já sofri muito por amor e espero encontrar alguém que mereça meu amor.
    big beijos

    ResponderExcluir

♥ Comentem
♥ Caso não tenha uma conta no google, deixei a opção de comentar anonimamente
♥ Contato: carol_cruz1997@hotmail.com