31 julho 2020

Para Quem Gostar de Ler: Confusões e Acertos

Recado para minhas migs: Caso leia todo o texto, comente♥. Caso não se interesse tanto pelo assunto, pode visitar postagens anteriores e retribuir sua visita lá.        

      As vezes precisamos nos perder para que finalmente possamos nos encontrar.  Precisei da tempestade para o sol poder brilhar. De modo figurado foi como se eu pegasse uma tesoura e finalmente cortasse um laço que me prendia a muito tempo a algo que eu não gostava, que pouco me importava em ter e por vezes me sugava.


      Quando eu cortei espantosamente não senti dor. Talvez um pouco, só depois, quando meu corpo ficou trémulo e incrédulo com o que conclui. Meu recorrente pesadelo tornou-se realidade, precisei ser forte e deixar todas as palavras e pensamentos serem expostos. Não havia grito que me calasse, fatos que mudassem as minhas ideias. Por mais horrível que fosse: era e é todo aquele desafeto e ponto. Uma grande confusão foi formada, me feriu e respingou em quem eu mais amava, mas me libertou. Levou algumas pessoas a mais também, mas a liberdade tem o seu preço e eu estive disposta a se pagar.


      Cientificamente pode até ser que seja um laço inquebrável, mas os meus sentimentos vai além do que a biologia diz sobre a minha genética. O que eu não tive é algo que eu ainda posso construir. Mas fingir gostar de alguém para manter as aparências não, porque eu não sou assim. Eu nunca fui assim e pretendo morrer sem ser. 

   
      Me libertei e venho me libertando um pouco mais a cada dia. Estou voltando a sentir com mais frequência a felicidade e pequenos prazeres. O meu tratamento vai indo bem, embora vai ter mil situações criadas (e não criadas também) para me desestabilizar. Eu sei que eu venho acertando muito mais do que errando. E finalmente, ouso dizer que me libertei de tudo e de todas as possíveis amarras que não me fazia bem.


        Meu recado final para vocês é: não importa o quanto possa vir a doer, não importa o quão difícil seja. Não se prenda por aparências em alguém que te faz mal, não vale a pena. Mantenha boas pessoas ao seu redor, deixe o mal o mais afastado possível e aprenda a suportá-lo quando necessário. Isso vai te fazer prosperar, ter uma vida menos conturbada e bem mais feliz. 


   
       

18 comentários:

  1. uau que textão
    concordo com você, no começo dói mas depois a gente acaba percebendo que era bem melhor

    beijo
    A mina de fé

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol, tudo bem?

    Gostei muito do seu texto e em vários momentos me identifiquei com ele. A cada dia estou aprendendo a lidar melhor com minha falhas e imperfeições. Acho que precisamos nos acolher com mais amor, mesmo que a sociedade puna o erro.

    Beijos e um ótimo final de semana;*
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Que bom que tem conseguido se libertar de suas amarras. Não é um processo fácil, é doloroso, mas no fim compensa muito.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Ótimo texto, precisamos nos redescobrir quando vezes forem necessárias.

    www.estiilocarol.com

    ResponderExcluir
  5. Acho incrível como um texto pode significar tantas coisas pra quem está lendo! Eu adorei o seu texto e essa sensação de liberdade é maravilhosa e viciante, eu penso que quanto mais vamos experimentando a liberdade de ser quem somos, de falar o que pensamos e de filnalmente sentir confortável onde quer que a gente esteja mais vamos zelar por isso!
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  6. Que texto incrível. Sempre penso que manter ao lado de uma pessoa por conta de aparências não acrescenta em nada. Tem que haver sentimento, conexão, parceria sabe?
    A gente tem que ficar atenta aos sinais de relação tóxica e realmente cortar laços. Dói pra caramba, mas a gente cresce e se transforma.
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acrescenta mesmo, já queria cortar esses laços familiares a anos, mas faltava oportunidade.

      Excluir
  7. Amamos o texto, bem profundo e intenso. Realmente não podemos nos prender por aparências, temos que nos cercar apenas de pessoas boas e que nos fazem bem.


    beijos


    http://onlyinspirations.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto! Sempre saio fora de perto do que me faz mal. A vida é difícil, mas a gente sempre tem que procurar o melhor e superar os momentos ruins.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  9. Que texto Carol, realmente temos que afastar de pessoas e coisas negativas, tudo flui melhor quando afastamos.

    Beijos
    VOU ARRASAR BLOG

    ResponderExcluir

♥ Comentem
♥ Caso não tenha uma conta no google, deixei a opção de comentar anonimamente
♥ Contato: carol_cruz1997@hotmail.com

© Mundo Perdido da Carol 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo