sábado, 3 de março de 2018

Para Quem Gostar de Ler: Segundo Diário de 2012 (Parte 1)

   Eu estava sumida do Para Quem Gostar de Ler porque basicamente não estava com vontade de escrever textos. Senti vontade de falar sobre acontecimentos passados, então fui cobrada para continuar a postar sobre os meus diários.
  Já mostrei os diários de 2011 e o primeiro diário de 2012. Então para continuar a ordem, o escolhido e mencionado do dia vai ser a primeira parte do Segundo Diário de 2012, já que ele é bem extenso e foi dividido em duas partes.


Segundo desenho que eu fiz do Neopets no diário.

"Obs: Talvez (tomaraaaa) amanha eu vá no salão de beleza fazer tonalização das minhas mechas californianas."


   Resumindo: eu e a minha prima não somos normais (assim como o resto da família). Teve uma polêmica da lagartixa ter mordido a minha avó e desde então tínhamos medo desse bicho. Eu pensava que não mordia, mas ela acreditava que sim. Então o Lucas  postou a foto de um Jacaré em Macapá falando que aquela era a lagartixa deles. Enfim, isso levantou de novo a questão se esse bicho mordia ou não. A dúvida foi esclarecida no Yahoo, fonte super confiável para retirar as maiores dúvidas.



   Eu briguei com o Lucas tempos depois e rolou block no facebook. Fim da história.

Mas foi o início de outra, que começou assim "Você tá me devendo um oi, não?"





   Eu tinha um amigo que era amigo do meu primeiro namorado (identificado como "A") e os dois eram afim de uma "amiga" minha (V) na época. Só que o A também tinha uma queda por mim. Nessas imagens eu escrevi todos os meus SMS com o meu amigo, que falava que o A disse que eu estava linda e parecia uma personagem de anime. 




   E nesse mesmo dia comecei a conversar com o A ao mesmo tempo. Foi o início de tudo o que viria pelas próximas semanas. Eu quase mandei uma mensagem por engano para o A, querendo mandar para o meu amigo. E nessa mensagem era justamente a seguinte pergunta: Você acha que o A gosta de mim? 
   Por isso hoje em dia uso o Telegram, porque se você mandar uma mensagem errada pode apagar para a pessoa e fingir que ela nunca existiu. 


  Semanas depois deixei claro que eu gostava dele, porque odeio enrolação. Ainda joguei na cara que ele ia ser o meu futuro namorado. Quer atitude @A? Então é atitude que eu ia ter (e tive até demais).

   Tinha uma tal de "Ma" que me odiava e era um ódio recíproco. A menina era insuportável, me chamava de estranha e digamos que ela também gostava do A. Então estava no banheiro com a V  e ela me pergunta o que eu estava conversando com o Lucas (esse já é outro Lucas, um da escola). Eu respondi que o Lucas queria saber se eu gostava do A. Só porque a Ma estava no banheiro, me vinguei e disse isso na frente dela:

Eu: O Lucas perguntou se eu gostava do A e eu disse que...
V: Disse que não.
Eu: Disse que SIM... e ele gosta de mim também :).


Aqui claramente ele disse na frente de uma guria que estava dando em cima dele que não tinha A para todos e que ele me amava. Época que o coração de todo mundo era puro.




  Aqui era uma conversa na qual ele me contou que nunca tinha beijado. Devo confessar que também nunca tinha beijado, e até então, o amor era algo novo na minha vida. 

Por que a fase emo foi a melhor? Eu falava que ele era meu emo. 

Eu: A gente tá namorando, acorrentados ou o que?
Ele: Não sei, mas acho que namorando não, porque eu ainda não pedi.
Eu: Ah...eu já tô cansada de esperar
Ele: Esperar o que?
Eu: Você me pedir em namoro, dá pra pedir logo?
Ele: Dá '-'
Eu: Pode ser antes de quinta?
Ele: Dá, mas já vou dizendo que o beijo não vai ser um dos melhores
(A Caroline de 14 anos teve mais atitudes que muitos homens de 26)


Esse foi o dia que o milagre de perder o meu BV aconteceu.


"Em um relacionamento sério com A"
  Aí teve troca de status do facebook, coisa que na época eu super dava valor. Gente, ontem depois de muitos anos que eu fui atualizar de novo meu status de relacionamento.


"Ela disse que o problema de eu estar namorando é ser muito nova, não fazer nada em casa e o meu pai não deixaria. E eu disse: mãe, se eu te contasse você contaria para o meu pai? Ela disse que sim, porque se depois acontecesse algo comigo a culpa seria dela em não ter contado. E depois eu perguntei: E qual seria o problema do pai saber? Ela disse que nenhum, ele só não iria deixar. Pôh, então por que eu vou contar se ele não vai deixar?"

  Eu sempre fui muito comportada e sempre voltava cedo para casa. Então atrasei uma horinha e minha mãe já sabia que era namoradinho na escola e soltou os caralhos pra cima de mim. No final ninguém ligava se eu estava namorando ou não, porque ele pensava que o Pedro era meu namorado, me sinto ofendida com isso até hoje (mas não lembro dessa história).

Aqui eu conto sobre uma tentativa frustrada de fazer viagem astral e começou a adormecer todo o meu corpo, eu virei a cabeça para o lado, perdendo a consciência. Simplesmente adormeci.




"O Francisco desafiou a beijar o A e a Fátima viu a gente se beijando e nos chamou. Aí ela chamou a atenção e disse que se acontecesse novamente ela falaria com o meu pai."

  No dia 28/06 foi a última vez que fiquei com o A. Eu fui pega beijando ele pela orientadora da escola. Eu fiquei revoltadíssima porque foi reclamar logo do meu beijo, sendo que tem trezentos casais naquela escola. Ela foi a grande vilã do final do meu relacionamento com A. 

"E desde que comecei a falar mais com o embuste, sei lá, eu acho que sinto uma certa atração por ele."

    Aí apareceu o embuste na minha vida, no qual eu vou dar uma ênfase especial quando for falar nos próximos diários. O embuste era aquele amigo que é aparentemente legal comigo. Como o A era muito quieto e tímido, sem atitude, o embuste foi aquele que veio para preencher o vazio. Mal sabia que era a minha primeira escolha errada. Aos poucos eu fui gostando mais do embuste do que do A, e digamos que foi uma escolha que afetou alguns anos da minha vida.



Eu entrei de férias e não ligava mais para ninguém, só queria que o celular que eu encomendei chegasse e pronto.

Que era um bela Nokia Asha 200, que foi roubado de mim em 2015. Gente, até para assalto eu tenho história, que contei aqui.

   O meu segundo grande erro foi ter contado para a V que eu gostava do embuste e pedir para ela se aproximar dele para mim. Não querendo soltar o spoiler, mas foi uma decisão péssima da minha parte. Pedi para ela saber se ele gostava de mim e ela manda: Você gosta da Carol, mas como amiga? E ele disse que gostava de mim, e a lindíssima falou tudo: que eu gostava dele também. Aí ele falou "coitada", que não gostava de mim não, que a V que perguntou/entendeu errado. Manas, eu podia ter pegado o meu fora e ter ido embora com ele, terminado com o A e desistido do embuste.



"O embuste disse que quando eu terminar o meu namoro não era pra eu dar em cima dele. Ele falou de um jeito que parecia até que eu era uma puta ou piriguete. E depois ele praticamenteme provou que nada entre nós NUNCA irá acontecer. Na hora doeu tanto =/." 

 O garoto se achava tanto que jogava na minha cara que nada nunca entre ele e eu iria acontecer, eu me machucava tanto com aquilo e me lamento muito da profecia dele não ter funcionado. 


   O embuste tinha o dom de desde sempre me fazer sentir culpada pelas minhas atitudes. Então eu fui chorando para o A para me desculpar, falando que eu não sou normal e que eu precisava me tratar. Detalhe: eu tinha apenas 14 anos. 


"Aí o embuste diz vários "eu te amo" e me faz acreditar que ele gosta de mim, pra quê? Para o meu namoro desandar um pouquinho e ele chegar e falar: quando terminar o namoro não dá em cima de mim. Além de deixar claro que NADA entre nós NUNCA irá acontecer."


  
   Aqui eu já estava na reta final das minhas férias e tinha passado um bom tempo sem escrever. Então resolvi fazer algumas notas com novidades e a banda Strike tinha lançado o Nova Aurora na internet, mas eu fiquei sem internet bem no dia :(. Passei o mês aguardando o lançamento para ficar sem poder ouvir.



"Momento fim de namoro
Não era mais aquela mesma química de antes, eu não gosto dele como antes no dia 31/05. E depois de várias brigas, vish, aí quem achou melhor em pensar se queria continuar esse namoro foi o A. E depois disso tudo ficou muito "sei lá" e "+ ou -". Eu e ele já não falávamos tanto quanto antes, então ele resolveu dar o fim. Fiquei na hora com o ♥ apertado e depois de 1 segundo fiquei feliz pois eu estaria L-I-V-R-E disso. Depois de um dia ele tava triste porque aconteceu o fim e ele ainda me AMAVA...ah véi, se ele me amasse não deixaria eu ir e falaria um "volta pra mim". Eu ia deixar o status por um tempo, mas resolvi tirar."

   Com o tempo eu aprendi que não existe essa história de filmes de romance em um volta pra mim. Hoje em dia, com 20 anos, eu entendo que foi bem injusto da minha parte. Mas na época éramos um casal de 14 anos da idade, com as primeiras experiências amorosas.


Listas de SMS que eu achava mais lindo e anotei.


"Eu sigo o meu caminho
E você siga o seu
E acho que isso é mais forte que eu 
Tive a minha chance 
E não sobrou mais nada 
Que possa fazer você ficar" (Daqui pra frente - NX Zero)

   E eu ouvia essa música no volume máximo, cantava para todos os cantos e pensava que essa era a maior bad que eu tinha vivido na minha vida. Bem, o futuro ainda estava por vir.  
_____________________________________________________________________
Espero que tenham gostado. Eu amei relembrar a história do meu primeiro namorado, já tinha me esquecido boa parte dela, o que me salvou foi ter anotado tudo nesse diário. Morri de rir, acho que foi a fase tranquila da minha vida, as turbulências ainda estariam para surgir. 
A segunda parte já é mais focada em uma outra parte da minha vida, foi o inferno da adolescência. Aguardem ;)

Beijos,




16 comentários:

  1. Olá Carol, gostei de ler suas lembranças de 2012. Dos meus 6 anos de idade até os 21, eu escrevi diários, era a única forma de expressar o que eu realmente sentia, escrevendo... Sem contar que ter um diário, é também uma forma de registrar bons acontecimentos né?

    bjus

    Ariadne ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria ter continuado com o diário, para não esquecer nunca de certas coisas que vivi. Mas infelizmente é como se eu sentisse que um pouco dessa parte minha morreu no passado e ficou para trás.

      Excluir
  2. Que bom que você tem guardado esse tipo de lembranças, eu sempre jogava fora porque depois de uns 2 dias eu sentia vergonha do que eu tinha escrito kkkkkk

    pamelazaidan.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive muita vergonha durante alguns longos anos, mas agora passou. Meio que gosto de ter algumas lembranças. Mas é cada desenterro!

      Excluir
  3. É sempre bom anotar pra gente relembrar os fatos do passado. Eu também fiquei curiosa pra saber se lagartixa morde. kkkkk. Eu acho engraçado relembrar do meu primeiro namorado, primeiro beijo, é tanto mico, mas faz parte da vida.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mana, até hoje eu tenho as minhas dúvidas. Dizem que a bichinha chupa, mas não sei se morde não.
      Nem me fala dos micos de primeiro namorado e primeiro beijo. Eu fiquei bem traumatizada com a orientadora, demorei uns bons anos pra superar isso.

      Excluir
  4. Dá uma saudade dessa época de diário né? Tb tive um nokia rosa como esse.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse nokia era super tendência na época xD

      Excluir
  5. Carol muitas histórias e aventuras em teu diário eu vou salvar aqui pra ler com calma!!!
    Esse celular fazia sucesso na época hein!!
    Beijoss!
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salva sim, porque eu acabei deixando esse post grande demais para a galera que gosta mesmo de ler e ver imagens.
      Esse celular era o que tinha de mais moderno na época xD

      Excluir
  6. Que amor, adorei o seu diário, escrevia muito na minha pré adolescência, mas não guardei nenhum!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu guardei, para ficar rindo da minha vergonha alheia xD

      Excluir
  7. Amo ver seus diários ♥ Neopets era vida né? Usei por anos, parar foi muito difícil, um dia volto pra lá (se ainda existir).


    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou apaixonada por neopets até hoje e ainda existe. Só sou decepcionada porque tiraram o busca das chaves :(

      Excluir
  8. Ler seus diários, me bate uma nostalgia tão gostosa!
    Seu desenho ficou lindo!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Que bom que gostou x.x. O desenho tá bem zoado, hoje vejo isso. Vou anotar para redesenhar ele e mostrar no rabiscando.

      Excluir

♥ Comentem
♥ Caso não tenha uma conta no google, deixei a opção de comentar anonimamente
♥ Contato: carol_cruz1997@hotmail.com