22 fevereiro 2019

Resenha: Base Matte L4 Ruby Rose

       Eita que hoje é dia da resenha polêmica da danada! Confesso que eu realmente não sabia se faria a resenha da bichinha, já que vocês podem encontrar facilmente um milhão dessas em vídeo e post. Algumas gostam dela, outras nem tanto e várias detestam. Após um ano (demorou), eu resolvi que deveria sim falar o que eu acho sobre a bem(ou mal)dita da Base Matte L4 da Ruby Rose, uma marca que eu gosto muito por ter produtos bbb. 


"Foi desenvolvida para conter a oleosidade da pele e disfarçar imperfeições. Aplique suavemente para correção de detalhes ou com firmeza para linhas mais marcadas."



O que eu achei?

        Essa base começou a ganhar fama em 2016, por ser uma marca boa e barata, além de ter uma ótima proposta sendo matte. Em 2016 foi quando eu comecei a consumir os produtos da Ruby Rose, sendo o meu primeiro item uma paletinha de 8 sombras. Lembro que eu procurei os batons e essa base para comprar, mas ainda não tinha chegado aqui. Quando começou a chegar em Belém, chegou bem acima do preço de mercado, então eu acabei comprando a base da Tracta e fui ser feliz xD. 
      O tempo passou, eu só ouvia falar bem dela, então eu queria uma base matte baratinha para o dia-a-dia e acabei comprando a da Vivai pra mim. A base da Ruby Rose entra na minha vida quando uma loja do comércio começou a trabalhar com a marca e fez promoção, então comprei para a minha mãe, um tom um pouquito mais escuro que a minha pele. E eu nunca tinha lido nada negativo sobre ela, até eu comprá-la, quando choveu resenhas falando dos ingredientes comedogênicos.


         Vou começar falando dos ingredientes da base. A Ruby Rose ganhou uma má fama por conta disso, por usar ingredientes que são prejudiciais a saúde e comedogênicos. Eu fiz uma análise na CosDNA e realizei algumas pesquisas dos ingredientes no EWG's Skin Deep para poder falar um pouco mais sobre eles. 


"O valor de Comedogenic e Irritation de zero a cinco, quanto menor, melhor (menor chance de acontecer).
Índice de segurança de 1 ~ 9, o menor número significa que este ingrediente é de baixo risco."



      Pela análise do site, a base possui cinco componentes comedogênicos: Dimeticona, Miristato de Isopropilo, Cera Microcristalina, Esqualano e Estearato de Magnésio. De todos o pior é o Miristato de Isopropilo por ser nível 5 em Acne (comodogênico) e nível 3 em Irritante. O Esqualano é um lípideo derivado de origem vegetal e animal, mas sendo encontrado mais nessa última forma, então a base pode não ser muito apropriada para veganos.
        Na análise também consta bastante ingredientes que não são muito seguros, como o Propileno Glicol, Benzoato de Benzila, Fenoxietanol e Linalool que estão associados a possíveis alergias dependendo da concentração. Também devo falar do Dióxido de Titânio que está associado a alergia e a câncer, mas que porém (calma gente), segundo o EWG tem baixa penetração na pele e o seu perigo é apenas na sua inalação, ou seja, nessa composição não é tão cancerigeno vai te fazer mal.  Deixei alguns ingredientes linkados, para vocês conferirem mais no site do EWG e entenderem melhor.

No rosto:

Somente a base e sobrancelhas feitas.

Pele completa com pó compacto Sher, blush Jasmyne, pó compacto chocolate no contorno Ruby Rose, pó iluminador da Tracta. 
  
Bem de perto para ver a cobertura 

        Essa resenha tá longa porque até agora eu só contei do que me levou a comprar e dos componentes, mas falar realmente o que eu achei, até agora eu não falei. Mas vamos que vamos, pois se eu demorei um ano pra resenhar, no mínimo do mínimo tem que ser completa. 
        Eu usei essa base com o primer Studio HD também da Ruby Rose. Normalmente em resenha de base eu não uso, mas como o produto era da própria marca, não ia ser um problema. A cobertura dela é de leve a média, dependendo da intensidade que eu quero e aplico. Sua textura é fácil de espalhar, uma das coisas que eu mais gostei. A sua cor eu achei amarela demais, deu um pouco de diferença no meu pescoço, mas pode ser porque o meu subtom é neutro. A cobertura é bem matte, não transfere muito, porém a sua durabilidade no calor não é muito boa, pois sai facilmente na testa e nas narinas. 
        Mas agora, falando sobre espinhas, irritação e tudo mais que pode dar após usar essa base: abençoada seja a maldita, pois eu não tive nada. Eu limpo muito bem a pele antes de aplicá-la, mas não a uso com frequência ou por longos períodos, por saber desse histórico da linda. A minha mãe infelizmente deu espinhas, várias amigas minhas tiveram esse problema. Mesmo nessa nova fórmula, ainda está péssima! Não pretendo comprar novamente enquanto a Ruby Rose não criar vergonha na cara e trocar por uma fórmula descente, pois o meu medo de sofrer algum dano é maior.

Ingredientes:

Aqua, Cyclomethicone, Titanium Dioxide, Silica, Paraffinum Liquidum, Dimethicone, Isopropyl Myristate, Propylene Glycol, Polyglyceryl-2 Diisostearate, Squalane, Microcrystalline Wax, Magnesium Stearate, Polyglyceryl-2 Isostearate, Peg-30 Dipolyhydroxystearate, Phenoxyethanol, Ethylhexylglycerin, Parfum, Benzyl Benzoate, Linalool. Pode conter: CI 77491, CI 7499, CI 77492, CI 77891.

Preço: O seu preço é bastante popular, mas eu não recordo se paguei R$8,00 ou R$12,00.

Nota: 3/5 :). Eu não compraria novamente, mas não me fez mal algum. Porém, não é uma base que eu consiga confiar e usar diariamente ou com frequência, pois além de comedogênica tem uma péssima durabilidade no calor (mesmo com primer e pó). O preço é ótimo,  o acabamento e a cobertura também, mas perdeu muito no quesito qualidade. 

______________________________________________________________________
     A resenha ficou enorme, mas acredito que consegui deixar tudo claro, dos ingredientes até a minha experiência. Espero muito que tenham gostado, comentem o que vocês acharam e compartilhe a sua experiência caso tenha testado a base . Mereço esse feedback após pesquisar nome por nome dos componentes. 

Beijos,


26 comentários:

  1. Eu uso essa base também, não com frequencia que sendo sincera mal uso make no dia a dia, não gosto de ficar retocando nada, nem com nada escorrendo do rosto kkkk só arrumo a sobrancelha, um delineador(se eu tiver num dia bom né kkk) e batom. É raro eu usar base.

    Mas quando preciso usar, eu uso ela sem problemas, minha pele por ser muito seca não tem tendencia a acne. Mas ela resseca a minha pele, para eu poder usar, tenho que passar óleo no rosto, ai gosto do óleo de argan desses normais mesmo, se não craquela tudo. Não acho uma base ruim, também não compraria novamente por ser muito seca para mim.


    Beleza Nerd




    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei em que diabos um dia eu inventei que tinha que passar base matte no dia-a-dia. Coloquei na minha cabeça que ficaria mais bonito e completo. De fato, completo ficaria, mas mais bonito até que não. Aprendi a gostar de pele mais naturalzinha, quase não tenho espinhas ou mancha, então não necessito de usar no dia-a-dia normal. Apenas em dias em que eu acordar e pensar "Hum, hoje eu quero usar uma base.".
      Que bom que não te deu acne, mas que pena que ela ressecou a sua pele D:. E craquelar é foda, as vezes sinto isso comigo.

      Excluir
  2. Isso sim que é resenha detalhada! Eu achei que ficou bem natural na pele, mas ela deve ser barata por isso, usa produtos bons para acabamento, mas dei xa de lado outros de fixação.

    Zíper Chique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3, sempre trarei melhores resenhas para o blog :). Sim, é verdade, ela é barato porque os componentes são bem mais acessíveis. Pode ser aí que mora o perigo.

      Excluir
  3. Uma pena, pois a base tem uma proposta muito boa. No meu rosto tudo causa espinha, então eu nem tento! hahah.
    nicenessbeauty.com

    ResponderExcluir
  4. Menina, que horror. Como uma empresa de cosméticos usa esse tipo de fórmula né ?

    Menos mal que ela não te dá reação mas, realmente, eu também não compraria uma segunda vez.

    Beijo.

    | Afonso Padilha . Detalhadamente - Instagram |

    | O Blog Que Não é Blog - Instagram |

    | Afonso Catioro - Instagram |

    | O Blog Que Não é Blog |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me espanto que mesmo com tantas críticas eles não mudaram novamente a fórmula. Mesmo que subisse um pouquinho o preço, mas que tirasse isso porque muitas tiveram bastante alergias.
      Só comprarei novamente se mudarem a fórmula, do contrário não mesmo.

      Excluir
  5. Eu TB já usei ela e achei ela ótima mas em mim TB deu irritação

    Bjss


    Blog Adriane Araujo

    ResponderExcluir
  6. Essa foi a melhor resenha de base que já li até agora. Muito boa mesmo!
    A última base que eu comprei foi uma da Latika. Aqui em SP saiu caro (por volta dos 60 reais), mas segurou bem o suor na testa e no nariz. Fora que ela tem fator de proteção solar 44. Achei que o investimento valeu a pena.
    Eu nunca usei a base da Ruby Rose, mas - assim como aconteceu com você - vi um monte de gente reclamando por causa das espinhas.

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3. Fico feliz com o elogio e ao saber disso :3.
      Eu nunca testei nada da Latika, mas só de saber que possui uma boa proteção solar, já me interessa um pouco.
      É uma pena mesmo que isso tenha acontecido com muitas pessoas. Eu não tive alergias, mas tento sempre alertar as pessoas.

      Excluir
  7. Usei essa base 2 vezes e ela acabou com a minha pele na época, depois disso peguei ranço de base barata demais. Não sei, mas na minha pele nem bonita ela ficava. Adorei sua pesquisa, muito clara e esclareceu o motivo dela ter acabado com a minha pele.
    Beijos,

    https://lesjoursdemarcela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, pena que isso aconteceu com você :/. Ainda bem que tu pelo menos interrompeu o uso.

      Excluir
  8. uma pena que a formula seja mesmo tao ruim, pq gostei bastante do resultado e do acabamento na pele

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  9. Primeiramente Carol, parabéns pela sua resenha! Ela está completíssima! ^^
    Segundo, já usei essa base e também não me fez mal nenhum (espinhas, etc), mas também não compraria novamente, já que também achei a durabilidade bem fraquinha. =\
    Também ouvi vários relatos dizendo que apesar de conter selo de Cruelty-free, por ser fabricada na China, acabam sim fazendo testes em animais (agora já não sei se os vídeos e resenhas que vi, são 100% verdadeiros), mas na dúvida, prefiro evitar. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pathy, fico muito feliz com o elogio <3.
      Ainda bem que não aconteceu nada, mas já que a durabilidade não te agradou, é passar longe.
      É que antigamente os produtos da Ruby Rose era Made In China, embora a empresa fosse Brasileira e a distribuidora final fosse daqui. Hoje em dia eu ACHO que mudou. Eu nunca entendi essa história muito bem, porém é algo a se pensar sobre o selo dela.

      Excluir
  10. Adorei sua resenha, Carol... ficou completíssima, já comprei essa base, e usei uma unica vez... não gostei e dei pra minha mãe...kkk... depois de saber disso tudo, agora que não quero mais saber dessa base mesmo...

    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3, fico bastante feliz com o resultado.
      Foge da base menina, não é boa coisa!

      Excluir
  11. Eu amo a cobertura e o acabamento que essa base deixa na minha pele, só que ela não dura nem 30 minutos no meu rosto, não sei porque.. até comprei uma para usar em fotos, mas no dia a dia não consigo usar!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, mas em geral é uma pena que ela realmente não fixe tanto na pele :(. No dia-a-dia é ruim de usá-la mesmo, tentei.

      Excluir
  12. Oii! Eu amo resenhas grandes e completas, sinto mais confiança no que estou lendo e na opinião dada. Confesso que também já fiz uma resenha dessa base e na época (um tempinho atrás) ainda não entendia ainda sobre o problema da base com os componentes e nem o quanto eles poderiam ser prejudiciais a mim. Hoje eu também não compraria novamente, até pelas cores não darem certo pra mim e eu sempre ter que misturar a outra base e por todo o conjunto de problemas! Ainda bem que nem você e eu tivemos reações usando a base.

    Blog Vinte Primaveras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou e achou a resenha completa <3. Eu sei bem como é isso, se eu fizesse essa resenha antes de saber dos riscos dos componentes, jamais começaria a falar deles e só contaria da minha experiência. Como foi algo que se espalhou, precisei contar para várias pessoas nessa resenha.
      Pena que tu não gostou das cores e ainda bem mesmo que não tivemos reações.

      Excluir
  13. Oie, vc já viu a nova base da Ruby Rose, Natural Look? Aki na minha cidade ainda ñ chegou, será q já tem aê?
    Vi muitas resenhas dela no YouTube, e pelos resultados parece ser melhor que essa antiga :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi sim, chegou no comércio da minha cidade e o mais barato que encontrei até agora foi R$18,00. Fiquei com vontade de comprar, porém não sabia se valeria ou não a pena, já que quase não uso base e já tenho quatro (contando com essa).

      Excluir

♥ Comentem
♥ Caso não tenha uma conta no google, deixei a opção de comentar anonimamente
♥ Contato: carol_cruz1997@hotmail.com

© Mundo Perdido da Carol 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo