31 março 2021

Para Quem Gostar de Ler: Não aproveitei março

      Eu não tenho a certeza se existem dias que não serviram para nada. Não posso fazer tal afirmativa, porque pode ser que dias nada produtivos contribuam de alguma forma para os melhores que estão por vir. Mas uma coisa é fato: março passou e eu sinto que quase não aproveitei, devido ao quadro que estamos passando nesse momento com o agravamento da covid. Foram 31 dias, muitos planos e o lockdown cortando as minhas asinhas. 


Pixabay


       Tudo bem, foi por um motivo de força maior. Mas isso me obrigou a ficar em casa, mais ainda do que eu já permaneço. Eu costumava ver o meu namorado durante a semana, mas isso nos fez ficar por duas semanas sem nos ver pessoalmente. Resolvi respeitar direitinho, mesmo que na minha rua para muita gente tudo continuou normal, porque rolou de tudo: festas, crianças brincando na rua, futebol, até churrasco. E mesmo com denuncias, nada acontece. A falta de consciência ainda é grande, mas cada um sabe das escolhas que faz para a própria vida. 


Freepik


      O que eu mais senti falta foi do Marcos, sem dúvidas. Eu sempre soube que eu era bem apegada a ele e logo imaginei que o lockdown de uma semana (prorrogado para duas) seria extremamente doloroso. Mas conversamos todos os dias como de costume, treinamos várias vezes online e assistiamos a distância BBB, comentando tudo o que estava acontecendo. Isso foi um respiro no meio de uma turbulência de notícias tristes. 


Pixabay


       Mas apesar de não ter feito nem metade das coisas que eu queria fazer, eu fiz algumas coisinhas. Organizei e limpei o quarto inteiro, lavei os meus tênis, fiz algumas maquiagens, costurei outro caderno a mão, observei as minhas mini roseiras a sair da hibernação, fiz yakissoba com a minha mãe e fiquei me jogando nos joguinhos da Shopee para ganhar moedas e cupons. 


Pixabay


       Então a conclusão que eu tenho ao finalizar esse post é: não aproveitei março como eu queria, mas fiz o que estava ao meu alcance. Respeitei o meu momento de tristeza e angustia, distraí a mente conforme eu pude e peguei a mania boa de arrumar as coisas do quarto. E por aí, como é que vão as coisas?


10 comentários:

  1. Eu sinto que faz 1 ano que não aproveito, já que nesse 1 ano, exceto pelos dias q vou trabalhar presencialmente, só saí para idas ao mercado, médico, farmácia e as compras realmente necessárias. Aqui estamos em fase emergencial, que seria a fase roxa, tem 2 semas q estou quase 100% em home office. É revoltante a gente seguir os protocolos e pessoas vivendo como se tudo estivesse normal, né? Mas ao menos estamos nos cuidando e protegendo aos que amamos.

    No mais acho que ainda teve um março produtivo e espero que possa aproveitar mais abril.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ano passado eu aproveitei pouco também, mas eu acredito que esse ano para mim foi bem pior, porque já iniciou com a pandemia e ainda piorou. E sim, é bem revoltante o descaso que ainda fazem com tudo isso.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Também espero, mas vai lá saber quando vai passar...

      Excluir
  3. Esses são tempos tão complicados né? Não vejo a hora de tudo passar.
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  4. Também tô basicamente me casa esperando minhas vidas do Candy Shopee encherem. Minha impressão é que só tem covid em casa porque na rua tá normal... aqui não teve lockdown, só bandeira preta, que espero que continue assim as pessoas saem menos (mas ainda saem muito, imagina sem ela???)

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu todinha! Jogo o jogo o dia todo, pena que diminuíram as chances diárias. E sim, tenho a mesma impressão que você, porque na rua ficou normal.
      Aqui foi só acabar o lockdown que o caos já se instalou novamente.

      Excluir
  5. Me identifiquei muitooo com esse seu texto, eu passei praticamente o mês todo em casa, apenas limpando, fazendo alguns trabalho do curso e tentando entender minhas angustias e momentos mais pra baixo :(
    Eu imagino que deva ter sido complicado não ver seu namorado :(
    Que abril nos traga momentos melhores ♥

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos todos em um barco parecido, é bem triste ter que se distanciar e piora mais a angustia. Foi bem complicado, mas já nos vimos e ficamos bem ♥

      Excluir

♥ Comentem
♥ Caso não tenha uma conta no google, deixei a opção de comentar anonimamente
♥ Contato: carol_cruz1997@hotmail.com

© Mundo Perdido da Carol 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo