10 abril 2022

Para Quem Gostar de Ler: Minhas Plantinhas

 No caso é um Para quem gostar de ver xD


       Como prometido na semana passada, hoje vou mostrar e falar um pouco mais sobre as minhas plantinhas. Preciso compartilhar com vocês o amor que eu tive ao ver cada sementinha que plantei virando uma linda plantinha. O quão transformador é acompanhar o seu crescimento e até a sua ida, já que os girassóis, por exemplo, são plantas com um curto período de vida. 



     Os meus girassóis eram para ser um vermelho e três amarelos. Por algum motivo da natureza, não veio nenhum vermelho e sim todos amarelos. Apenas um era bem amarelinho e diferente dos demais, com o miolo menor. Eles crescem, florescem, iluminam o jardim, e depois partem deixando em suas florações as próximas sementes. 



      O meu amor começou pelas minis roseiras. A minha primeira foi um presente, que infelizmente viveu pouco comigo. Isso me frustrava muito, pois muitas partiam prematuramente e sem aviso prévio de ter algum problema. Somente com o tempo aprendi a comprá-las, verificar as doenças possíveis e cuidá-las. As últimas que perdi foi uma mini roseira amarela e outra que era branca, vítima de cochonilhas. Depois disso não deixei mais nenhuma se partir e também evolui para cuidar também de roseiras de vaso. Atualmente tenho duas, mas na foto só mostrei a Luciana. 


       Também possuo a Vinca que chamo de maria-sem-vergonha. Um fato curioso é que apesar de serem plantas de fáceis cuidados, uma que comprei e outra que ganhei morreram dias depois de estar na minha casa sem motivo. Acho que só não se adaptaram. Então decidi plantá-las por sementes sortidas. Nasceu em cor bem popular, mas que eu ainda não tinha: rosa fúcsia. 


       O Antúrio abaixo a moça me vendeu como vermelho, mas para a minha surpresa é um branco rosado. É uma versão mais mini dos Antúrios convencionais e o meu floresce que é uma beleza. Deixo tomar muito sol e chuva, de acordo com o clima de Belém. Comprei para dar para a minha mãe, mas quem cuida sou eu 😂.


Demais plantinhas que eu tenho

Hortelã

Cebolinhas hidropônicas que eu coloquei no vaso e cresceram

Alecrim vendido na parte de horta viva no mercado.

Tomates cerejas em crescimento, plantados por sementes

Manjericão que deu umas folhonas por tomar chuva e sol

Vários cactos, sendo esse segundo trago da viagem de Santa Maria da minha mãe. Cresceu e muito!

Babosa eu tenho até demais 😂

Planta de folha vermelha que não sei o nome, mas é linda para decorar

       Nem todas as roseiras estavam floridas, mas eu posso ir publicando foto no meu instagram (@carolinsweet) de acordo com o aparecimento dos botões. O que eu acho interessante é ver que cada uma tem o seu próprio tempo de crescimento, mesmo sendo girassóis plantados juntos e do mesmo tipo. 
        Nos meus piores dias pensei nelas e no quanto elas dependiam de mim. Para quem sofre com depressão, é uma boa ideia tê-las (desde que você goste de cultivar). Elas me mostraram o dia seguinte, o momento de respirar, que mesmo após murchar eu poderia voltar a vida com tudo. São especiais e cada uma tem um espaço no meu coração. 


Beijos,
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

♥ Comentem
♥ Caso não tenha uma conta no google, deixei a opção de comentar anonimamente
♥ Contato: carol_cruz1997@hotmail.com

© Mundo Perdido da Carol 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo